RSS

Arquivo da categoria: Interclasse ETEC

ERRATA – Matéria de 14/12/2009

A matéria do dia 14 de dezembro de 2009 sobre o primeiro dia do Campeonato de Interclasses causou muita polêmica.

Pedimos desculpas pelo mal entendido que houve ao citarmos os dois times (Jesus Cristo é o Senhor e PEPS) como sinônimo de violência.
A violênica citada era no sentido do estilo de jogo, que foi comentado por muitos espectadores dos jogos.
O Chute a Gool é um blog iniciante e deve aprender com os erros que comete. Mas não é por isso que iremos parar de postar matérias, ou quem sabe apagar o erro. Manteremos a matéria intacta, sem nenhuma alteração, pois somos honestos e sabemos reconhecer nossos erros.
E é por isso que, além de pedir desculpas também agradecemos aqueles que nos advertiram pelo erro.
Agradecemos também aqueles que nos apoiaram nesta série e nos parabenizaram pelo excelente trabalho realizado na última matéria.
Caso ocorra mais um Campeonato de Interclasses no semetre que vem, o Chute a Gool também estará lá, pronto para realizar mais matérias, buscar mais depoimentos, pois a carreira jornalistica começa assim, aos poucos, com erros e acertos. Se você quizer fazer parte deste começo e quizer contribuir com informações, tanto sobre um próximo Interclasse como com qualquer informação esportiva, você poderá enviar suas informações para nosso email:
Estaremos esperando.
Atenciosamente.
Vinícius Cordeiro
Administrador do Chute a Gool
 

Em uma final emocionante, Real Madrinha ganha das Divas e leva o troféu para a casa

Mesmo com um placar de 6 a 2 o jogo não foi fácil. Mas a vitória veio de qualquer jeito e fez do Real Madrinha um time campeão
CHUTE A GOOL
Vinícius Cordeiro
Realmente, as meninas do Real Madrinha renderam muita emoção nestes dois últimos dias de campeonato. Mas, toda a garra e força do time conquistaram esse troféu.
Mesmo com um resultado de 6 a 2, a final não foi tão fácil como parece.
A semi-final também não foi tão fácil. Mas como o Real Madrinha foi um time forte durante todo o campeonato, conseguiram um placar de 5 a 1 contra as Turistas.
.
Na final, contra o time das Divas, nada estava garantido. As adversárias temiam mesmo apenas na imagem, pois tinham chegado na final apenas pelos dois WOs (Leoas e D’Lavada) e pela vitória contra as SETS.
O gol do lado do Real Madrinha parecia enorme. E para quem pensa que vida de goleira é fácil, que goleira não cansa, está muito enganado. Carolina Teles, a goleira das Madrinhas quem diga. E foi mandando muito bem no gol que ela conseguiu o título de melhor goleira do Campeonato, com apenas 5 gols levados em 4 jogos. 
– A gente tinha possibilidade sim de ganhar. Mas acontece que além de ter feito um ótimo trabalho, o nosso time é unido – diz Carolina, com muita alegria, depois da vitória.
.
Durante o jogo, Rafaela, do Real Madrinha, levou uma bolada na barriga, o que assustou muita gente. Com dificuldades de respirar, ela demorou um pouco a se levantar, e depois teve que abandonar a partida.
Ana Caroline, que mais fez gols na final, totalizando 3 gols dos 6, ressaltou a agressividade das meninas do Divas:
– Esse jogo foi muito dificil, as meninas estavam com intuito de machucar mesmo. Foi um jogo bonito e acho que a gente mereceu.
.
Deiselene, que fez 2 gols na final, agradece o time pela vitória:
– Eu amo meu time, porque elas são demais. Eu gostei muito de ter jogado e o melhor é que a gente vai comer pizza.
As Madrinhas levaram para casa o troféu de campeãs, além do de melhor jogadora (Suelen) e melhor goleira (Carolina) e um vale pizza.

.

Suelen, Deise, Ana, Pamela, Rafaela, Larissa e Carolina mereceram ganhar esse campeonato, pois batalharam, se tornaram um grupo unido, companheiro, e acima de tudo vencedor, não só na quadra como na vida, pois foi com cada vitória que elas foram crescendo e não se deixaram abater com ameaças e confusões. E a torcida era tanta que, após os intermináveis 10 segundos, houve uma invasão na quadra, e foi uma das cenas mais festivas deste campeonato.
A final masculina ficou entre A Vida Inteira Mais Dois Dias X Grêmio Portuário
Os meninos do Grêmio levaram a melhor em um jogo de 6 a 4 contra A Vida Inteira.
.
E a série de matérias sobre o Interclasse da ETEC acaba por aqui. Qualquer informação, reclamação, dúvida ou um simples parabéns que você queira dar é só entrar em contato com a gente pelo email blogchuteagool@hotmail.com. Estaremos esperando!

 

Confira alguns dos melhores momentos da final do Campeonatode Interclasses da ETEC

clique para ampliar
Fotos Chute a Gool

Para ver todas as fotos da FINAL
Para ver todas as fotos do CAMPEONATO
 

Real Madrinha ganha de 6 a 2 das Absolutas e garante vaga na semi-final

As meninas do Real Madrinha ganham das Absolutas em um jogo emocionante mas não esquecem das outras adversárias.
CHUTE A GOOL
Vinícius Cordeiro
Começamos a matéria pedindo desculpas.
Na matéria anterior, sobre o primeiro dia do II Campeonato de Interclasses da ETEC de Ribeirão Pires, cometemos um erro ao afirmar que os jogos dos professores seriam realizados nesta terça-feira, 15/12, onde, na realidade, eles foram realizados na noite do dia 14/12. Demais jogos dos professores deverão ser consultados no site da escola.
Recado dado, vamos falar então deste segundo dia, que teve seus destaques.
As meninas do Real Madrinha realmente deram um show na quadra do Ayton Senna na tarde de hoje. O jogo começou bem equilibrado, e os gols que as Absolutas fizeram  foram com uma falha da goleira, Carolina Teles, que não se deixou abater e fez defesas espetaculares.
A Menina da Jogada foi Suelen Paes, que conseguiu achar o caminho para os gols e fez 4 dos 6 que o time marcou. E o mérito de melhor jogadora foi confirmado por Deiselene Marques, também jogadora do Real Madrinha.
–  Acho que a Suelen teve grande mérito nas partidas de hoje. Na minha opinião, hoje ela foi a melhor jogadora do time. Não só porque marcou os gols, mas porque ela participou de muitas jogadas – disse ela.
Deiselene também falou sobre o resultado do jogo.
Foi muito legal. No começo, senti muita pressão, pelo fato do time adversário começar jogando muito, e algumas jogadoras fizeram a diferença no primeiro tempo. Mas no segundo tempo, voltamos completamente diferente e conseguimos um resultado muito bom. Não desmereço o time adversário, mas foi um campeonato muito em cima da hora, e se todos nós tivessemos treinado mais, conseguiriamos melhores resultados. 
 
A goleira e a principal atacante das Absolutas, ambas de uniforme vermelho e preto, tiveram que trabalhar bastante.
Uma jogadora do Absolutas acabou levando uma bolada no rosto e parou o jogo por um tempo. Ela acabou tendo que voltar pois o time não contava com reservas. 
Suelen, do Real Madrinha, não aprovou certas atitudes das meninas do Absolutas e criticou o fato delas também não terem aceitado o ‘troco’
– Apenas digo uma coisa: não sabe brincar, não desce pro Play.

Outros jogos também abrilhantaram a tarde de hoje. Os rapazes do Football Art, mais uma vez, provaram que são bons e ganharam de 7 a 3 dos meninos do FC PEPS.
O juíz novamente foi alvo de reclamações. É o que relata Suelen.
Ele não sabe apitar direito. Nas laterais, que é 5 segundos, ele deixava as meninas do outro time ficarem 10 segundos e não dava reversão. Então precisa rever as regras do jogo. Além do mais, ele falhou ao não marcar um gol que fizemos. Não podemos admitir esse tipo de erro.
Deiselene ainda brinca: – Não gostei da camisa dele. É um verde muito forte! Acho que ele deveria usar uma camisa de outra cor.
A participação das torcidas torcidas foi crucial em jogos de hoje. Pelo menos é o que relata Wendson, de 11 anos, irmão de Deiselene, do Real Madrinha.
– Eu achei o jogo do Real Madrinha muito bom. Foi um jogo que me fez torcer bastante e acredito que minha torcida ajudou na vitória do time.
Amanhã acontecerão as semi-finais e finais. 
Para saber sobre os horários dos jogos, visite o site da ETEC de Ribeirão Pires, ou clique aqui.
* O Chute a Gool não acompanhou os jogos que aconteceram depois das 19:30h. Qualquer informação importante sobre as partidas realizadas após esse horário poderão ser postadas depois. Se você quizer fazer parte da próxima postagem sobre o Interclasse ou tiver alguma reclamação sobre a mesma, comente essa matéria.
 

Confira alguns dos melhores momentos do segundo dia do Interclasse da ETEC de Ribeirão Pires

clique para ampliar
 
 
Fotos Chute a Gool
Para ver TODAS as fotos do Campeonato,  

 

A emoção, as críticas e a diversão tomam conta do primeiro dia do II Campeonato de Interclasses da ETEC de Ribeirão Pires

Já no primeiro dia do Interclasse, os times mostraram que não são de brincadeira! Clássicos foram os destaques.
CHUTE A GOOL
Vinícius Cordeiro
O II Interclasse da ETEC de Ribeirão Pires começou pegando fogo.
Os 1ºs anos do Ensino Médio mostraram que são melhores que muitas equipes de cursos técnicos. Já no terceiro confronto, um clássico: Football Art (1ºA) contra Sua Mãe (1ºB) levantaram as torcidas, e causaram muito bate boca.  
A melhor e mais emocionante disputa do dia foi acirrada, mas os meninos do Football Art se saíram melhor e fizeram 7 a 3 nos adversários. Um jogador do Sua Mãe teve o pé contundido e teve que abandonar o jogo.
O juíz também foi alvo de criticas. Bianca, que está cursando Informática para Internet na ETEC e que acompanhou a maioria dos jogos, não aprovou o despreparo do juíz.
O Interclasse está muito bom, mas o juíz não está vendo alguns lances que mereciam falta” e acrescentou “Na minha opinião, o Espanta Praga (2ºD) e os 3Kilos (2ºB) foram os melhores. Acho que o de Informática (1ºD) não foi muito bem“.
O juíz ainda aceitou que times que não jogaram os primeiros jogos por conta de não estarem completos jogarem os jogos seguintes.
– Violência, um capítulo à parte
A brutalidade tomou conta da quadra do Complexo Cultural Ayrton Senna. Os garotos do Jesus Cristo é o Senhor, que perderam no primeiro jogo por WO, e do Sport Club PEPS são exemplos dos que não entraram no espirito esportivo e preferiram partir para a briga. Esses casos tornam-se cada vez mais frequentes, tanto no Interclasse quanto em jogos de todo o mundo, e são atitudes que acabam manchando a imagem do verdadeiro futebol.
O pior é que muitas vezes o juíz apenas marcava falta, e só dava cartão quando a torcida e os jogadores persistiam na gravidade das penalidades.

– Amanhã
Amanhã ainda rola as partidas com os professores, o que promente ser um dos momentos mais divertidos do Interclasse. Também será realizada as partidas femininas e mais uma fase das partidas masculinas. As finais serão relizadas na quarta-feira, dia 16/12. Não perca.
Os resultados de cada partida serão divulgados pelo site da ETEC de Ribeirão Pires o mais rápido possível.

* O Chute a Gool não acompanhou os jogos que aconteceram depois das 18h. Qualquer informação importante sobre as partidas realizadas após esse horário serão postadas depois. Se você quizer fazer parte da próxima postagem sobre o Interclasse, comente essa matéria.
 
1 comentário

Publicado por em 14/12/2009 em Esporte, Interclasse ETEC

 

Confira alguns do melhores momentos do II Interclasse da ETEC de Ribeirão Pires


clique para ampliar
 
 
 
  
 
Fotos Chute a Gool

Para ver TODAS as fotos do Campeonato,